sábado, 31 de Maio de 2014

Bolo de Chocolate, Iogurte e Beterraba... Yammii

Bolo de Chocolate, Iogurte e Beterraba
Este foi um mês complicado para mim. A minha miúda esteve doente, o que me deixou sem cabeça para nada e lá no trabalho também não tive descanso, por isso quando chegava a casa não tinha grande vontade de escrever.
No entanto a minha cozinha não esteve parada, e de lá saíram verdadeiras delicias que fotografei para as colocar aqui mais tarde.
Mas hoje deixo-vos aqui o bolo que fiz à pouco e que ficou muito fofo e delicioso.

Eu não gosto muito de beterraba, pois tem um gosto a terra estranho, mas no entanto em bolo fica fantástica. Tenho aqui no blog uma receita que experimentei há uns anos e que adoro, mas hoje resolvi inventar outra incorporando iogurte. O resultado foi excelente, principalmente para amantes de chocolate. Aqui fica a receita para quem quiser experimentar.

Bolo de Chocolate, Iogurte e Beterraba

2 copos de iogurte natural (120gr cada)
250gr de beterraba descascada e ralada (2 beterrabas medias)
1 Tabelete de Chocolate 70% (200gr) derretida no micro ondas
3 Ovos XL
4 copos de iogurte bem cheios de Açúcar
1 copo de iogurte mal cheio de Becel liquida
4 copos de iogurte bem cheios de farinha T65
1 colher de chá de fermento para bolos
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de café de sal
nozes ou pecan q.b.

Untei e polvilhei uma forma rectangular tipo assadeira.
Liguei o forno a 190º.
Usei a Bimby, mas podem usar outro robot de cozinha ou um liquidificador.
No copo da Bimby coloquei o iogurte, os ovos, o açúcar e a Becel. Bati durante 3 minutos na velocidade 4, para obter uma mistura fofa. Juntei a beterraba, a farinha, os fermentos e o sal. Misturei alguns segundos na velocidade 3 e por fim adicionei o chocolate derretido e algumas pecans e envolvi tudo.
Coloquei na forma e levei a forno bem quente durante 35 minutos. No fim do tempo devemos testar com um palito no centro que deve sair ligeiramente húmido.
Retirei do forno e deixei arrefecer um pouco antes de cortar em cubos. 


Notas: 
Usei Pecans para experimentar, mas são idênticas às nossas nozes; 
Se não quiserem um bolo tão rico em chocolate podem substituir por chocolate de leite.


Bom Fim de Semana! :)

quinta-feira, 1 de Maio de 2014

Bolo Horta para a minha mamã

Bolo Horta

Bolo Horta
A minha mãe fez esta semana 71 primaveras, e como este ano se mudou para o campo onde tem um quintal com horta. Para comemorar fiz-lhe este bolo temático, baseado numas fotos que encontrei no Google.
É mais fácil de fazer do que parece. O mais difícil foram as cores, pois como não queria nem tive tempo de ir comprar pasta de açúcar, usei as cores primárias que tinha para fazer todas as cores que necessitava. Foi uma aventura, mas valeu, ela adorou!

Bolo Horta Bolo Horta

sábado, 19 de Abril de 2014

Bolo de Laranja e Amêndoas

Bolo de Laranja e Amêndoas
Além dos habituais folares, que já se tornaram tradição cá em casa e não podem faltar nestas semanas de Páscoa. Este ano fiz ainda este delicioso Bolo de Laranja e Amêndoa. Foi de improviso mas ficou tão bom!

Aqui fica a receita com o desejo de uma Boa Páscoa para todos vocês e as vossas famílias :)





Bolo de Laranja e Amêndoas

1 chávena de miolo de amêndoa
1 Iogurte grego natural sem açúcar
3 Ovos L
3 copos de iogurte mal cheios de açúcar amarelo
Meios copo de óleo girassol
Raspa e sumo de uma Laranja grande
3 copos de iogurte de farinha T65
1 colher de sopa de fermento p/bolos

Com uma faca laminei as amêndoas e numa frigideira tostei-as um pouco.
Bolo de Laranja e Amêndoas
Forrei com papel vegetal uma forma rectangular para pão (não é necessário untar).
Liguei o forno a 180º.

Numa tigela bati muito bem o iogurte com os ovos, o açúcar e o óleo. Juntei a raspa e o sumo da laranja e a pouco e pouco a farinha até obter uma massa cremosa.
Deitamos 1/3 da massa na forma e sobre ela distribuímos 1/3 das amêndoas. Repetimos o processo até terminar a massa e a amêndoa.
Levamos ao forno quente durante cerca de 45 minutos. Como depende de forno para forno é sempre melhor testamos com uma palito para ver se o bolo está realmente cozido. Atenção para não abrirem o forno antes dos primeiros 35 minutos para que o bolo cresça bem e não abata.


Fiquem bem!

quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Pizza Rústica do Cake Boss

Olá a todos. Hoje no Facebook tinha esta mensagem da Maria Helena Honda: 

"Olá, tudo bem? Procurando pela receita da Torta de Frios do Buddy Valastro eu acabei conhecendo seu blog e vi que muita gente estava atrás da receita também. Pesquisei mais e descobri que lá chamam essa torta de "Pizza Rustica" e com esse nome eu consegui a receita. Já traduzi, mas ainda não a fiz. Coloco em anexo caso queira postar para todos que a procuram :) Um abraço!"

Também ainda não a testei mas achei que era melhor partilhar já o excelente trabalho de pesquisa da Maria :) 
Assim que a fizer coloco aqui fotos. Por enquanto aqui fica a receita...


PIZZA RÚSTICA DO CAKE BOSS (TORTA DE FRIOS)

MASSA: 
6 xícaras de farinha de trigo 
1/4 colher (chá) de sal 
500 gramas de manteiga com sal gelada, cortada em pedaços grandes
5 ovos grandes batidos 

Misture a farinha de trigo com o sal. Coloque a manteiga gelada cortada e misture com as pontas dos dedos até ficar uma farofa grossa. Acrescente os ovos e amasse por 1 minuto. Coloque aos poucos 1 xícara (ou mais se necessário) de água gelada para formar uma massa homogénea. Sove-a numa superfície levemente enfarinhada até que vire uma bola grande e macia (por uns 5 minutos). Cubra com filme plástico e deixe descansar por 30 minutos.

RECHEIO: 
350 gramas de prosciutto cortado em cubos pequenos 
250 gramas de presunto cozido cortado em cubos pequenos 
250 gramas de pepperoni cortado em cubos pequenos 
250 gramas de salame cortado em cubos pequenos 
250 gramas de mozzarella cortado em cubos pequenos 
250 gramas de queijo provolone cortado em cubos pequenos 
900 gramas de ricota esfarelada 
100 gramas de queijo Pecorino Romano ralado 
10 ovos grandes batidos 
1 colher (chá) de pimenta 

Misture todos os ingredientes do recheio. 

Aqueça o forno a 180ºC. 

Divida a massa em 3 partes: 2 para a base e 1 para cobrir a torta. Numa superfície levemente enfarinhada abra a quantidade de massa para a base da torta em formato de rectângulo e forre fundo e laterais de um refractário tamanho 25 x 40 cm (mais ou menos), deixando uma sobra nas bordas. Coloque o recheio e alise-o suavemente. Humedeça as bordas da massa com um pouco de água. Cubra a torta com a outra parte da massa também deixando uma sobra nas bordas. Corte o excesso em volta e com os dedos faça um franzido em toda sua volta para selar bem. Faça furos por toda a tampa da torta com um garfo e asse-a por 45 minutos. Tire do forno e pincele 1 ovo batido em cima e nas bordas. Leve de volta ao forno e deixe assar até dourar, mais uns 45 minutos. Depois de assada, deixe-a esfriar completamente antes de servir.


Obrigada Maria!

domingo, 13 de Abril de 2014

Bolo Fofo de Noz

Bolo Fofo de Noz
Esta semana trago um bolo inventado por mim a semana passada para satisfazer os desejos do meu maridão por um bolo de Noz.
Foi um sucesso, ficou muito fofo e delicioso. É um bolo pequeno excelente para acompanhar chá ou café. Se sobrar para o dia seguinte, guardem num recipiente fechado para se manter fofo.

Aqui fica a receita, usando sempre o copo do iogurte como medida...


Bolo de Noz

1 copo de iogurte grego natural sem açúcar
3 Ovos
2 copos mais meio de Açúcar amarelo
1 copo de Farinha de trigo
1 copo de Maizena (Amido de milho)
Meio copo de Óleo
1 colher de chá de fermento para bolos
Cerca de 100gr de miolo de noz ligeiramente partido

Ligamos o forno a 180º.
Bolo Fofo de Noz

Forramos uma forma rectangular de pão com papel vegetal.

Batemos, por uns bons 5 minutos, os ovos com o açúcar e o iogurte. Juntamos depois o óleo e por fim a pouco o pouco as farinhas com o fermento, sem bater demasiado, apenas o suficiente para incorporar tudo. Acrescentamos as nozes partidas e deitamos tudo na forma. Levamos ao forno cerca de 45 minutos. Ao fim dos 45 minutos espetamos um palito, se sair quase seco está pronto, senão deixamos mais uns 10 minutos.

Quando pronto retiramos do forno, e ainda quente desenformamos e polvilhamos com cacau em pó.


Fiquem bem!

domingo, 6 de Abril de 2014

Panquecas de Chocolate

Panquecas de Chocolate
Hoje o Domingo aqui em casa começou com umas deliciosas e fofas panquecas de chocolate barradas com Nutella. São boas simples, mas acreditem que não se perde nada em juntar a Nutella ;)

Aproveitem o resto do fim de semana. Fiquem bem! :)







Panquecas de Chocolate
(10 a 12 panquecas)

150gr Farinha Trigo
1/2 colher de chá de fermento Royal
60gr Açúcar
2 a 3 colheres de Cacau em pó
40gr Margarina liquida
2 Ovos M
200gr Leite

Misturem a farinha com o fermento, o açúcar e o cacau. Juntem os ovos e a margarina e comecem a envolver tudo com uma vara de arames. Vão adicionando o leite a pouco e pouco para eliminar os grumos. No fim deixem repousar a massa uns 20 minutos.

Levem ao lume uma frigideira pequena anti-aderente. Quando quente deitem colheradas de massa para formar uma panqueca do tamanho que desejarem.
Assim que começar a formar bolhas a toda a volta com uma espátula viramos a panqueca e deixamos tostar uns 30 segundos do outro lado. Repetimos o processo até terminar a massa.

Nota: Podemos empilhar e juntar a Nutella mais tarde, mas se sabemos que todos vão querer usar a Nutella, mal as tiramos do lume e enquanto a outro tosta barramos metade com Nutella e dobramos em meia lua. Assim o creme derrete com o calor e ficam ainda melhores na hora de comer.


quinta-feira, 20 de Março de 2014

Bolo de Iogurte, Limão e Sementes Papoila

Andei a fazer research na net da receita do bolo de limão do Starbucks.

Encontrei um monte de receitas diferentes que me deixou baralhada. 

Cheguei à conclusão que muitas eram simples bolos de iogurte com um toque de limão por isso fiz este que ficou muito bom. Embora não seja o do Starbucks :)

Aqui fica para experimentarem.

Bolo de Iogurte, Limão e Sementes Papoila

2 Pacotes de Iogurte Grego natural
3 Pacotes de iogurte de Farinha
2 Pacotes de iogurte de Açúcar
1 Pacote de iogurte de Óleo
3 Ovos
Raspas de 2 limões pequenos
3 Colheres de chá fermento
1/2 Colher de chá de sal
1/2 Colher de chá extrato baunilha
2 Colheres de sopa de sementes de papoila

Para a Calda:
40ml sumo de limão
80gr Açúcar

Ligamos o forno a 180º.
Forramos uma forma rectangular com papel vegetal.

Numa tigela misturamos os secos. A farinha, fermento, sal e as sementes.

Noutra tigela batemos bem os ovos com o açúcar, a baunilha, o iogurte e a raspa limão. Vamos incorporando os secos e no fim o óleo.

Colocamos na forma e levamos a forno quente cerca de 45 minutos ou até espetarmos um palito no centro que saia seco.  

Enquanto o bolo arrefece um pouco, ainda dentro da forma, fazemos a calda.

Colocamos os ingredientes da calda num tachinho e levamos ao lume a reduzir um pouco. Depois furamos a superfície do bolo com um palito e pincelamos com a calda. Desenformamos e servimos.

Bom apetite!

sábado, 15 de Março de 2014

Pataniscas ou Sonhos de Bacalhau

Sonhos de Bacalhau
A minha mãe sempre lhes chamou sonhos e realmente quando comi pela primeira vez pataniscas num restaurante estranhei, pois eram grandes, achatadas e oleosas. Os sonhos são mais pequenos, arredondados, fofos, húmidos e com muito pouco óleo.

Rendem bastante, mas não há problema pois são ainda melhores no dia seguinte acreditem :)




Sonhos de Bacalhau

Duas postas pequenas de bacalhau salgado (450gr)
Meia cebola grande picada
2 ovos
2 colheres de sopa de salsa picada grosseiramente
8 a 10 colheres de sopa de farinha
sal q.b.

Colocamos o bacalhau a demolhar durante 24 a 48horas dependendo da altura da posta, mudando a água pelo menos de manhã e à noite.
Levamos ao lume um tacho com água e assim que ferver colocamos o bacalhau e deixamos cozer 2 minutos. Retiramos do lume e deixamos arrefecer ligeiramente.
Retiramos as postas e reservamos a água de cozer o bacalhau.
Para ser mais fácil manusear passamos as postas por água fria.
Retiramos a pele e as espinhas e desfiamos o bacalhau para uma tigela. Depois juntamos-lhe a cebola picada e os ovos. Misturamos bem com um garfo e adicionamos a salsa picada. Depois vamos alternando colheres de farinha com a água de cozer o bacalhau. Ao fim das 8 colheres de farinha começamos a tentar chegar ao ponto cremoso desejado. Não queremos uma massa liquida, mas também não queremos argamassa a massa deve ser cremosa quase a espessar. Quando pegamos colheradas de massa esta deve escorregar suavemente pela colher em vez de ficar agarrada.
Esta é a altura de provar. Se o bacalhau ainda estava um pouco salgado vai dar o sal necessário à massa mas se não então vai necessitar de uma pedrinhas de sal.

Levamos ao lume um recipiente com óleo e assim que estiver bem quente (podem testar com um pouco de farinha), deitem colheres de sopa de massa no óleo. Cada colher de sopa bem cheia dá uma patanisca, mas se quiserem pataniscas maiores podem colocar duas colheres de massa. Esta quantidade de ingredientes produz cerca de 20 pataniscas pequenas.
Vão virando as pataniscas no óleo até estarem douradinhas. Retirem-nas e coloquem sobre papel absorvente ou papel de cozinha para perderem o excesso de óleo.

Para acompanhar um arroz de feijão fica sempre bem :)

Nota: As que sobrarem guardem numa caixa no frigorífico e no dia seguinte é só aquecerem uns 10 segundos no micro-ondas.
E como são pequenas e se comem bem frias, são optimas para levar a pic-nics e servir em festas.

Bom Fim de Semana!